Life Style

Tá ok não ser super!

Nos tempos modernos multitarefas é difícil bater todas as metas e cumprir a agenda lotada sem surtar pelo caminho! Quem foi mesmo que pediu esse cargo de “super-mulher”?

Você trabalha, cuida da casa, malha, vai no mercado, resolve pepinos no banco, cria os filhos, dá atenção pro love, tenta manter uma vida e social, é uma boa amiga, filha, irmã, neta… Tudo isso num dia só! É de surtar mesmo! E mesmo o que era inicialmente lazer, automaticamente vira só mais um check na sua agenda lotada!

Para!
Respira!
E, pra não pirar, pensa no por que você faz tudo o que faz e se tem mesmo que fazer. Por que a gente tem essa mania de criar “obrigações” inexistentes!

Você tem mesmo que malhar todo dia? Se sim, ok, mas que tal apostar em um esporte que você curta fazer ao invés dessa malhação-tortura? Malhar em casa nos dias mais corridos também é uma boa opção!

Você tem mesmo que ir a todos os bares e sociais pros quais é convidada? Ir por obrigação tira um pouco do lazer da “hora do lazer”, não? Por que não aprender a dizer uns bons “não, obrigada!” e fazer o que você realmente estiver afim de fazer?

Você tem mesmo que fazer essa tarefa HOJE? E não se trata de procrastinar, longe de mim plantar esse hábito do mal! Mas você pode organizar sua agenda por prioridades e urgências! O mundo não vai acabar se ficar pra amanhã… Inclusive, o mundo vai permanecer perfeitamente bem se você tirar uns dias de folga! Quiçá, as tão sonhadas férias!

Muito bacana essa era onde finalmente fomos reconhecidas como “super-mulheres”! Por que, de fato, somos! Mas que peso isso nos trouxe? Tá ok não ser super todo dia, toda hora ou pra tudo!

Tá ok você ser super no escritório e mandar a roupa pra lavanderia, por que odeia lavar em casa!
Tá ok você ser uma mãe nota mil e faltar na academia de vez em quando, ou até mesmo adiar um pouco a volta à malhação!
Tá ok trocar a night de sábado à noite, por filminho com pipoca e brigadeiro. E se faz um favor? Come sem culpa!

Ninguém é 100% super! Aquela sua amiga perfeita que parece estar dando conta de tudo felizona? Garanto, também não é super e intimamente deve ter seus momentos de surto! Faz parte!rs
Falamos tanto em cobranças da sociedade, mas você já pensou quem é que cobra mais de você?
Muitas das vezes somos nós mesmas!

Tá ok ser humana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *